Onde viver em Madrid? Os melhores bairros em Madrid

Sol

O centro de Madrid é definido pela Puerta del Sol, uma enorme praça pública situada no que costumava ser uma porta da cidade. Com pelo menos 10 ruas que a conduzem, esta praça e, por conseguinte, o bairro é impossível de perder. A maior parte das ruas são pedonais, com a Calle Arenal a conduzir à Ópera e ao Palácio Real. Dá um passeio entre a Calle Preciados e a Calle Arenal e chegarás ao Monasterio de las Descalzas Reales, um antigo palácio real do século XVI, que alberga obras de arte únicas. Dirige-te à Plaza Mayor, uma praça encantadora e pitoresca, que oferece um cenário ideal para uma sessão fotográfica e, se tiveres fome, escolhe entre os muitos restaurantes de tapas que existem em redor. Para uma experiência gastronómica inesquecível, não podes deixar de passar pelo Sobrino de Botín, o restaurante mais antigo do mundo! Sol é, sem dúvida, a escolha mais inteligente para todos os principiantes! Quer estejas aqui para estudar ou trabalhar, beneficiarás de excelentes ligações de metro e da proximidade de atracções turísticas.

Madrid De Los Austrias

A sudoeste de Sol, encontrarás a “Madrid austríaca”. Esta área pode ser pequena, mas tem um grande significado, uma vez que esteve sob a ocupação da dinastia dos Habsburgos, desde o início do século XVI. A Plaza Mayor, uma das principais praças de Madrid, é o ponto alto do bairro que termina à volta do bairro da Ópera. A uma curta distância a pé da Plaza Mayor encontrarás o Palácio Real e se deres uma vista de olhos, verás muitos restaurantes tradicionais que servem tapas e cerveja locais! No geral, o Madrid de los Austrias é muito mais calmo do que o Sol, mas continua a situar-se no coração da cidade, oferecendo um ambiente mais tradicional.

As Letras

A sudeste de Sol encontrarás Las Letras. O próprio nome, traduzido como o bairro da literatura, sugere que este bairro é todo dedicado à cultura. Las Letras é um bairro chique, arrojado e moderno, onde te encontrarás a caminhar nos passos dos maiores escritores espanhóis, como Cervantes, Lope de Vega e Quevedo. Os habitantes locais certificam-se de que sentes a história que esta zona tem, afixando citações famosas de escritores nos passeios das ruas – maioritariamente pedonais. Las Letras é regida por uma vibração boémia, visível na forma como a vida nocturna é formada; bares tradicionais espanhóis, espectáculos de flamenco, palcos de jazz ao vivo. Se o teu coração bater pela arte, dirige-te ao Triângulo da Arte de Madrid, nas proximidades. O Triângulo é composto pelo Museu do Prado, que presta homenagem às obras anteriores ao século XX e é conhecido por possuir uma das melhores colecções de arte do mundo, pelo Museu Reina Sofia, de arte contemporânea, com obras de Pablo Picasso e Salvador Dalí, e pelo Museu Thyssen-Bornemisza, uma coleção privada com obras impressionistas e barrocas internacionais de Monet e Rembrandt.

Chueca

Batizado com o nome do compositor espanhol Federico Chueca, este bairro transformou-se de uma das zonas mais infames de Madrid, durante os anos 70, no bairro mais popular entre os habitantes locais e os turistas, atualmente. La Chueca é uma zona muito colorida, em parte devido à sua arquitetura vibrante, mas também porque é LGBTQ+ friendly, e conhecida como o bairro gay da capital espanhola. Como podes imaginar, os habitantes da Chueca, divertidos e de espírito aberto, vão em grande no Orgulho Gay, organizando todo o tipo de actividades festivas e tornando todo o local loco! Localizada no coração do bairro, a Plaza de Chueca é onde encontrarás as lojas, cafés e bares mais modernos, para além da agitada vida nocturna. Para os amantes da gastronomia, podes encontrar uma seleção de tapas no Mercado de San Antón, que serve pratos requintados e dispõe de um bar de cocktails no telhado, perfeito para o fim da noite!

La Latina

La Latina, situada a sul de Madrid de los Austrias, é famosa principalmente por duas coisas: os preços baixos e os inúmeros bares de tapas. Este animado bairro local, um dos mais antigos de Madrid, é o destino ideal para quem gosta de tapas. Podes encontrá-las em quase toda a zona, mas as ruas Cava Baja e Cava Alta são as que ganharam o voto popular. Além de ostentar o título de terra das tapas, Latina oferece uma grande quantidade de terraços encantadores para relaxar com os teus amigos Erasmus e tomar uma bebida, mantendo o teu orçamento. Para te divertires ao domingo, deves ir ao El Rastro, a maior feira da ladra da cidade, que oferece uma grande seleção de artigos vintage e em segunda mão e atrai tanto os locais como os estudantes internacionais.

Malasaña

Situado mesmo ao lado de Chueca, o moderno Malasana atrai muitos estudantes internacionais e expatriados devido à sua frescura. Este bairro bem localizado, não muito turístico, sofreu uma grande transformação no último século; de centro do movimento “La Movida” nos anos 80 a centro da vida nocturna de Madrid hoje em dia! Cafés hipster, boutiques vintage, estúdios de tatuagem pop e bares da velha guarda são o que deves esperar encontrar neste bairro coberto de graffiti. Com novos restaurantes a abrir quase todas as semanas e alguns dos melhores locais para o brunch de domingo na cidade, Malasana é definitivamente o lugar para estar!

Lavapiés

Se procuras o espírito internacional e queres descobrir uma rica mistura de culturas num só lugar, então Lavapiés é para ti! Este bairro vibrante e multicultural (+80 nacionalidades), a leste de La Latina, é definido por ruas medievais repletas de restaurantes étnicos, antigas tabernas espanholas e lojas únicas. A Plaza Lavapies – o principal ponto de encontro antes do pôr do sol para os jovens “Madrileños” – e conhecida pelas rendas muito acessíveis, Lavapies é maioritariamente habitada por imigrantes, que conseguiram estabelecer os seus próprios negócios ao longo dos anos, bem como por jovens estudantes e recém-chegados. Exposições de arte arrojadas e acontecimentos alternativos marcam a cena underground do bairro nos centros culturais Tabacalera e La Casa Encendida, enquanto eventos anuais como o festival de San Lorenzo e Tapapiés atraem pessoas de toda a Espanha. Para os gourmets, os vendedores do Mercado de San Fernando, que vendem todos os tipos de queijo e cerveja artesanal, ao longo da Calle Argumosa, coberta de terraços, satisfarão todos os teus desejos numa só visita!

Salamanca

Um pouco mais longe do movimentado centro da cidade, a leste de Chueca, fica a glamorosa Salamanca. Este bairro elegante, ladeado por avenidas do século XIX, é onde se encontra a “classe alta” de Madrid. Aqui encontrarás boutiques eclécticas ao longo da Golden Mile, lojas de luxo, restaurantes gourmet e edifícios extravagantes, que albergam embaixadas estrangeiras. Os locais chiques reúnem-se em torno do Platea Madrid, um mercado de comida chique que ocupa um antigo edifício de teatro dos anos 1950. Do ponto de vista cultural, Salamanca tem muito para oferecer, com o Museu Arqueológico Nacional e o Museu Lázaro Galdiano, que alberga obras de arte de Goya e Bosch, nas suas proximidades. Se te dirigires para sul do bairro, encontrarás o principal parque de Madrid: El Retiro! O Parque del Buen Retiro é traduzido como “parque de um bom retiro” e, durante a sua era gloriosa, costumava ser o jardim privado da família real. Hoje em dia, apresenta um etéreo jardim de rosas, bem como o espetacular Palácio de Cristal.

Las Salesas

Depois de ter ganho tanta popularidade, Chueca foi dividida e a sua parte norte forma agora um distrito separado, o de Las Salesas, que vai até Salamanca. Este bairro encantador é definido por uma atmosfera pacífica, com os seus muitos restaurantes económicos, as padarias da velha guarda que servem pão e pastelaria acabados de fazer, bem como os cafés bonitos e as boutiques elegantes que alinham as suas ruas estreitas. A falta de turistas na zona faz de Las Salesas uma opção ideal para um passeio de fim de semana relaxante, longe das multidões.

Alojamento para estudantes

COVID-19 Flexibilní zrušení rezervace

Vaše zdraví a spokojenost jsou a vždy budou naší hlavní prioritou!

Proto jsme vzhledem k nejistotě vyvolané krizí Covid-19 aktualizovali zásady pro zrušení rezervace, abychom našim uživatelům umožnili větší flexibilitu a možnost rezervovat naprosto bez rizika. 

Buď si jistý/a, že:

– pokud univerzita, na které jsi měl/a studovat, nebo společnost, pro kterou jsi měl/a v plánu pracovat v následujících měsících, zruší studijní program nebo stáž z důvodu krize Covid-19,

– pokud ti zákaz cestování nedovolí dorazit do cílové země: Kryjeme ti záda a rezervační poplatky ti budou vráceny v plné výši kdykoliv ti COVID-19 překazí plány! 

Naplánuj své budoucí dobrodružství, zarezervuj bezpečně už teď a tvůj vysněný pokoj na tebe bude čekat.

Ověř si všechny aktualizace Podmínek použití Podmínky použití služby

Student Accommodation